Pesquisar este blog

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Museu de Minérios do RN é inaugurado


Em um final de tarde festivo, foi inaugurado ontem (17/12) o Museu de Minérios do RN. O espaço, que fica no Campus Natal-Central do IFRN, onde aconteceu a inauguração, foi construído através de parceria entre o Instituto, a Petrobras e o Governo do Estado. 

A solenidade de inauguração contou com a presença da governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini; do reitor do IFRN, Belchior Rocha; do gerente geral de Construção de Poços Terrestres da Petrobras, Francisco Alves de Queiroz Neto; da coordenadora do Museu, professora Narla Sathler, do IFRN; do diretor administrativo-financeiro da Fundação de Apoio ao IFRN (Funcern), Francisco Dimitrov de Melo; do diretor-geral do Campus Natal-Central, José Arnóbio de Araújo, além de autoridades das instituições parceiras, funcionários, servidores e alunos. A governadora chegou após o início da solenidade, pois estava em visita de trabalho ao município de Extremoz-RN. Até sua chegada, foi representada pelo secretário de Desenvolvimento Econômico do estado, Silvio Torquato Fernandes. 

O diretor do Campus-Central enfatizou a importância das parcerias com o governo do estado e com a Petrobras para a consolidação do projeto, além do apoio da empresa a outros programas desenvolvidos na instituição, como o Programa de Formação de Recursos Humanos (PFRH). A coordenadora do Museu falou da diversidade de materiais expostos, lembrando da dificuldade em selecionar as peças do acervo, que serão constantemente trocadas. "Queremos que a incompletude paire sobre o Museu e faça o visitante sentir o desejo de sempre voltar, para sempre ver coisas novas", destacou a coordenadora.

"Existe uma grande marca dos profissionais formados nessa instituição no trabalho realizado pela Petrobras. Este Museu é uma perspectiva de futuro que se abre. Para a Petrobras é um prazer estar presente nessas ações", disse o gerente geral de Construção de Poços e Petróleo da Petrobras. Para o reitor Belchior Rocha, o espaço é também um atrativo turístico onde potiguares e visitantes de outros estados poderão conhecer a diversidade geológica encontrada no estado.

"Esse é um grande marco para o nosso estado e para nossa gente", declarou entusiasmada a governadora Rosalba Ciarlini. A gestora destacou ainda os esforços do governo do estado para o desenvolvimento do setor geológico e enfatizou o investimento no ensino técnico. "Acabo de vir da inauguração de um centro técnico em Extremoz e logo faremos as inaugurações em outras cidades", explicou Rosalba. A governadora comentou ainda sobre a possibilidade de uma cooperação entre o estado e o IFRN para aprimorar as ações das escolas técnicas estaduais que estão sendo lançadas.

Após as falas das autoridades, aconteceu o descerramento da placa. Em seguida, o Museu foi aberto à visitação das autoridades e dos demais presentes à solenidade de inauguração.

O MUSEU

O Museu de Minérios do RN possui um acervo de 1.800 peças. As amostras são de diversos materiais, desde argila, passando pelo ferro e pedras preciosas. Em breve, estará aberta também à visitação uma sala do petróleo, sobre organização da Petrobras. O projeto arquitetonico do museu foi assinado pela arquiteta do IFRN, Ana Claudia Gondim Filgueira. As obras de construção do edifício aconteceram entre 2008 e 2010, com execução acompanhada pelos engenheiros Josué Martins da Silva e Carlos Guedes Alcoforado. Posteriormente, foi elaborado o projeto de ambientação, pela equipe formada pelas arquiteta e desenhista Érika Maria Alcoforado e pelas engenheiras Sandra Maria de Lima e Iara de Brito Pereira. Ao todo, para execução dos projetos de arquitetura e ambientação, foram investidos R$ 653.984,00, contando com o patrocínio da PETROBRAS através de recursos oriundos de renúncia fiscal por meio da Lei Câmara Cascudo, de incentivo à cultura, do Governo do Estado. O espaço ocupa uma área de 670,62 m², divididos em dois pavimentos, com oito ambientes internos. 

VISITAS

O Museu estará aberto à visitação a partir do dia 12 de janeiro de 2014. As visitas ao público externo serão realizadas das 15h às 17h. O turno da manhã ficará reservado às visitas agendadas por grupos, em especial, turmas de escolas. Haverá uma equipe de quatro geólogos para acompanhar as visitas, que poderão ser guiadas ou não. 

*Portal do IFRN

Um comentário: